Posso usar um testamento para outras disposições além das relacionadas a imóveis?

Relaciona-se na maioria das vezes o TESTAMENTO a disposições patrimoniais relacionadas a imóveis, porém, muita gente não sabe que pode fazer uso do referido instrumento para outras finalidades além desta. Neste mesmo sentido a lição do ilustre jurista ZENO VELOSO (Direito Civil - Temas. 2019) para quem "O grande defeito da norma contida no art. 1.626 de nosso antigo Código Civil foi ter restringido o conteúdo do testamento a uma manifestação de vontade com o fito único de dispor sobre o patrimônio do testador, quando o testamento pode apresentar disposições de última vontade que não são de natureza econômica, por exemplo, o RECONHECIMENTO DE FILHO (...)".

Exemplifica ainda o referido mestre os casos onde o atual CCB/2002 indica o Testamento para finalidades sem conteúdo patrimonial, ou que só mediata ou indiretamente apresentam um efeito econômico, como por exemplo: a) disposição gratuita do próprio corpo, para depois da morte (art. 14); b) criação de uma fundação (art. 62); c) despesas de sufrágios por alma do falecido (art. 1.998).

Como já falamos aqui, o Testamento pode ser feito de forma PARTICULAR (art. 1.876) ou de forma PÚBLICA (art. 1.864), sendo admitido ainda, como uma das formas de testamento ordinárias (art. 1.862), o Testamento CERRADO (art. 1.868).

Esse tipo de "deixa testamentária" parece ter sido utilizada por FREDDIE MERCURY, conforme noticia o site https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/reportagem/freddie-mercury-envia-presentes-de-natal-aos-seus-familiares-e-amigos-ate-hoje.phtml. Segundo a matéria publicada em https://revistamonet.globo.com/Celebridades/noticia/2019/12/como-freddie-mercury-deixou-programado-ate-hoje-o-envio-de-presentes-de-natal-para-amigos-mais-proximos-e-afilhados.html "(...) em seu testamento, Freddie pediu que a loja de departamento londrina Fortnum & Mason enviasse uma cesta de Natal todos os anos para uma lista de pessoas que inclui seus afilhados e alguns amigos. A conta é paga pela herança do cantor".