Tanto tempo separados e ele quer o Divórcio e mais a metade de tudo que comprei sozinha! Pode isso??

QUERER quem não quer?? Mas se tem ou não direito já é outro assunto..... a separação de fato não põe fim ao casamento porém já é lição remansosa e tranquila tanto em sede de doutrina quanto em jurisprudência de que ela põe sim FIM AO REGIME DE BENS vigente no falido casamento - independentemente do regime jurídico patrimonial a que se sujeite aquele matrimônio. Neste sentido, ainda que o Casamento que agora se formaliza o sepultamento (através do Divórcio, inclusive o EXTRAJUDICIAL) não deve mesmo entabular a partilha de bens havidos durante o período de separação de fato, já que nele não havia a comunhão de vidas.

A lição é do magistério de EUCLIDES BENEDITO DE OLIVEIRA, para quem:

"Considera-se igualmente inaplicável o regime de comunhão de bens entre os cônjuges desde que CESSADA A VIDA EM COMUM, com a SEPARAÇÃO DE FATO, pela curial razão de que a regra da comunicação, com presunção de colaboração na formação do patrimônio comum, somente tem lugar com a EFETIVA CONVIVÊNCIA dos cônjuges."(Separação de Fato e Cessação do Regime de Bens no Casamento in: Doutrinas Essenciais - Famílias e Sucessões. 2011).

O Conselho da Magistratura do TJRJ sobre esse assunto já se manifestou, inclusive:

"TJRJ. 0010830-39.2015.8.19.0052 - J. em: 08/11/2018 - CONSELHO DA MAGISTRATURA. DUPLO GRAU OBRIGATÓRIO. SERVIÇO REGISTRAL. DÚVIDA. (...). Bem adquirido após a separação de fato, com recursos próprios. Jurisprudência pacífica no sentido de que a separação de fato põe fim ao regime de bens. CONFIRMAÇÃO DA SENTENÇA".